BEM-VINDOS À CRÔNICAS, ETC.


Amor é privilégio de maduros / estendidos na mais estreita cama, / que se torna a mais / larga e mais relvosa, / roçando, em cada poro, o céu do corpo. / É isto, amor: o ganho não previsto, / o prêmio subterrâneo e coruscante, / leitura de relâmpago cifrado, /que, decifrado, nada mais existe / valendo a pena e o preço do terrestre, / salvo o minuto de ouro no relógio / minúsculo, vibrando no crepúsculo. / Amor é o que se aprende no limite, / depois de se arquivar toda a ciência / herdada, ouvida. / Amor começa tarde. (O Amor e seu tempoCarlos Drummond de Andrade)

quinta-feira, 8 de março de 2018

20 soluções para os problemas do século XXI

(Poderia começar esse texto com "seus problema acabaram", como dizia o Casseta & Planeta quando queriam lançar algum produto das Organizações Tabajara)

Brigas em estádio de futebol.
Solução: Proibir a venda de cerveja.

Brigas dentro e fora de estádio de futebol.
Solução: Jogo com torcida única.

Ataque terrorista com caminhão.
Solução: Proibir a venda de caminhões.

Massacre em escolas com armas de fogo.
Solução: Proibir a venda de armas.

Invasão terrorista em países árabes.
Solução: Refugiar todos em países ricos.

Problemas com educação de base.
Solução: Criar sistema de cotas raciais.

Dificuldade cognitiva de aprendizado.
Solução: Acabar com o sistema de reprovação.

Falta de governo e democracia.
Solução: Eleger um ditador de esquerda.

Crime organizado, mortes e drogas no Rio.
Solução: Educação e muito “Imagine” para ouvir.

Assalto à mão armada.
Solução: Não dê mais mole naquele local!

Não consegue atingir o status de classe média
Solução: “Ressignificar” o que é classe média.

Animais sensíveis a fogos de artifícios.
Solução: Proibir a venda de fogos.

Sou feia gorda, mas quero ser miss.
Solução: Mudar os padrões de beleza impostos pela sociedade capitalista.

É desqualificado, preguiçoso e está desempregado.
Solução: Ir a um programa de TV reclamar da sociedade preconceituosa.

Foi assediada, molestada ou estuprada.
Solução: Escrever textão no face, lacrar e ficar de mimimi.

Invasores de terras e imóveis urbanos.
Solução: Furar a fila da casa própria.

Pobreza, analfabetismo, ignorância, desemprego.
Solução: Assistencialismo e Bolsa família.

Não sabe ler e vai ao cinema.
Solução: Filme dublado.

LGBTs em banheiros M/F
Solução: Criar o 3º, 4º, 5º, 10º banheiro.

Feriado que cai na quarta-feira.
Solução: Puxar pra segunda ou sexta.

© Antônio de Oliveira / arquiteto, urbanista e cronista / março de 2018
Postar um comentário